• -

Transferência de riquezas pela graça

Category : Sem categoria

Sempre foi a vontade de Deus que seus filhos vivessem nesta terra supridos. Sabemos que por causa da queda do homem a escassez passou a ser uma constante na vida do homem caído. Mas graças a Deus por Jesus Cristo que sendo rico se fez pobre para que pela sua pobreza nos tornássemos ricos. II Coríntios 8:9.

Na obra da redenção Deus trouxe de volta ao ser humano uma vida suprida. Através de sombras do plano da redenção Deus manifestou em seu povo escolhido, no velho testamento, a manifestação de sua imensa provisão.

Em Abraão nós observamos o Evangelho da graça sendo anunciado. Gl 3:8 Ora, tendo a Escritura previsto que Deus justificaria pela fé os gentios, preanunciou o evangelho a Abraão: Em ti, serão abençoados todos os povos. Profeticamente o Evangelho é anunciado na pessoa de Abraão.

A abundância de Deus é manifesta na vida de Abraão, e uma das áreas onde seu favor se manifestou foi na área das riquezas.

Abraão foi suprido em abundância de riquezas, e um dos  métodos que Deus usou foi a transferência de riquezas.

Veja o que Deus fez com faraó no Egito para que Abraão recebesse muita riqueza.

GÊNESIS 12:10-20

10 Havia fome naquela terra; desceu, pois, Abrão ao Egito, para aí ficar, porquanto era grande a fome na terra.

11 Quando se aproximava do Egito, quase ao entrar, disse a Sarai, sua mulher: Ora, bem sei que és mulher de formosa aparência;

12 os egípcios, quando te virem, vão dizer: É a mulher dele e me matarão, deixando-te com vida.

13 Dize, pois, que és minha irmã, para que me considerem por amor de ti e, por tua causa, me conservem a vida.

14 Tendo Abrão entrado no Egito, viram os egípcios que a mulher era sobremaneira formosa.

15 Viram-na os príncipes de Faraó e gabaram-na junto dele; e a mulher foi levada para a casa de Faraó.

16 Este, por causa dela, tratou bem a Abrão, o qual veio a ter ovelhas, bois, jumentos, escravos e escravas, jumentas e camelos.

17 Porém o SENHOR puniu Faraó e a sua casa com grandes pragas, por causa de Sarai, mulher de Abrão.

18 Chamou, pois, Faraó a Abrão e lhe disse: Que é isso que me fizeste? Por que não me disseste que era ela tua mulher?

19 E me disseste ser tua irmã? Por isso, a tomei para ser minha mulher. Agora, pois, eis a tua mulher, toma-a e vai-te.

20 E Faraó deu ordens aos seus homens a respeito dele; e acompanharam-no, a ele, a sua mulher e a tudo que possuía.

 Abraão enriqueceu tanto que ele e seu sobrinho Ló não podiam ficar na mesma terra por causa da prosperidade que Deus lhe havia dado.

GÊNESIS 13:2-6

2 Era Abrão muito rico; possuía gado, prata e ouro.

3 Fez as suas jornadas do Neguebe até Betel, até ao lugar onde primeiro estivera a sua tenda, entre Betel e Ai,

4 até ao lugar do altar, que outrora tinha feito; e aí Abrão invocou o nome do SENHOR.

5 Ló, que ia com Abrão, também tinha rebanhos, gado e tendas.

6 E a terra não podia sustentá-los, para que habitassem juntos, porque eram muitos os seus bens; de sorte que não podiam habitar um na companhia do outro.

 Outra ocasião onde a transferência de riquezas foi para a vida de Abraão está em Gênesis 20-14-16.

 GÊNESIS 20-14-16

14 Então, Abimeleque tomou ovelhas e bois, e servos e servas e os deu a Abraão; e lhe restituiu a Sara, sua mulher.

15 Disse Abimeleque: A minha terra está diante de ti; habita onde melhor te parecer.

16 E a Sara disse: Dei mil siclos de prata a teu irmão; será isto compensação por tudo quanto se deu contigo; e perante todos estás justificada.

A riqueza do ímpio sempre foi depositada para Abraão que era escolhido do Senhor.

Esta realidade também se manifestou na vida de Isaque seu filho.

GÊNESIS 26:1-5

1 Sobrevindo fome à terra, além da primeira havida nos dias de Abraão, foi Isaque a Gerar, avistar-se com Abimeleque, rei dos filisteus.

2 Apareceu-lhe o SENHOR e disse: Não desças ao Egito. Fica na terra que eu te disser;

3 habita nela, e serei contigo e te abençoarei; porque a ti e a tua descendência darei todas estas terras e confirmarei o juramento que fiz a Abraão, teu pai.

4 Multiplicarei a tua descendência como as estrelas dos céus e lhe darei todas estas terras. Na tua descendência serão abençoadas todas as nações da terra;

5 porque Abraão obedeceu à minha palavra e guardou os meus mandados, os meus preceitos, os meus estatutos e as minhas leis.

Obs. Abrão aos olhos de Deus por causa da sua imensa graça que o justificou pela fé fazia com que Deus visse Abraão da seguinte forma: Gn 26:5 porque Abraão obedeceu à minha palavra e guardou os meus mandamentos os meus preceitos, os meus estatutos e as minhas leis. Aos olhos ds Deus Abraão era uma pessoa obediente em tudo. Isto só era possível mediante a justiça da fé que iria se concretizar em Cristo Jesus na plenitude dos tempos.

Outra pessoa que experimentava esta realidade como sombra era Jacó, neto de Abraão.

Deus fez Jacó prosperar em tudo o que ele colocava a sua mão.

GÊNESIS 28:20-22

20 Fez também Jacó um voto, dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta jornada que empreendo, e me der pão para comer e roupa que me vista,

21 de maneira que eu volte em paz para a casa de meu pai, então, o SENHOR será o meu Deus;

22 e a pedra, que erigi por coluna, será a Casa de Deus; e, de tudo quanto me concederes, certamente eu te darei o dízimo.

 Tanto Abrão, como Isaque e Jacó entendiam que a provisão viria da aliança que tinham com o Senhor, e isto os levou a serem fiés em suas ofertas, pois eles tinham o hábito de dizimar ao Senhor!

Uma grande transferência de riquezas do ímpio para o justo da fé se manifestou na vida de Jacó em seu relacionamento com Labão que poderia ser conhecido como o ladrão.

GÊNESIS 30:25-43

25 Tendo Raquel dado à luz a José, disse Jacó a Labão: Permite-me que eu volte ao meu lugar e à minha terra.

26 Dá-me meus filhos e as mulheres, pelas quais eu te servi, e partirei; pois tu sabes quanto e de que maneira te servi.

27 Labão lhe respondeu: Ache eu mercê diante de ti; fica comigo. Tenho experimentado que o SENHOR me abençoou por amor de ti.

28 E disse ainda: Fixa o teu salário, que te pagarei.

29 Disse-lhe Jacó: Tu sabes como te venho servindo e como cuidei do teu gado.

30 Porque o pouco que tinhas antes da minha vinda foi aumentado grandemente; e o SENHOR te abençoou por meu trabalho. Agora, pois, quando hei de eu trabalhar também por minha casa?

31 Então, Labão lhe perguntou: Que te darei? Respondeu Jacó: Nada me darás; tornarei a apascentar e a guardar o teu rebanho, se me fizeres isto:

32 Passarei hoje por todo o teu rebanho, separando dele os salpicados e malhados, e todos os negros entre os cordeiros, e o que é malhado e salpicado entre as cabras; será isto o meu salário.

33 Assim, responderá por mim a minha justiça, no dia de amanhã, quando vieres ver o meu salário diante de ti; o que não for salpicado e malhado entre as cabras e negro entre as ovelhas, esse, se for achado comigo, será tido por furtado.

34 Disse Labão: Pois sim! Seja conforme a tua palavra.

35 Mas, naquele mesmo dia, separou Labão os bodes listados e malhados e todas as cabras salpicadas e malhadas, todos os que tinham alguma brancura e todos os negros entre os cordeiros; e os passou às mãos de seus filhos.

36 E pôs a distância de três dias de jornada entre si e Jacó; e Jacó apascentava o restante dos rebanhos de Labão.

37 Tomou, então, Jacó varas verdes de álamo, de aveleira e de plátano e lhes removeu a casca, em riscas abertas, deixando aparecer a brancura das varas,

38 as quais, assim escorchadas, pôs ele em frente do rebanho, nos canais de água e nos bebedouros, aonde os rebanhos vinham para dessedentar-se, e conceberam quando vinham a beber.

39 E concebia o rebanho diante das varas, e as ovelhas davam crias listadas, salpicadas e malhadas.

40 Então, separou Jacó os cordeiros e virou o rebanho para o lado dos listados e dos pretos nos rebanhos de Labão; e pôs o seu rebanho à parte e não o juntou com o rebanho de Labão.

41 E, todas as vezes que concebiam as ovelhas fortes, punha Jacó as varas à vista do rebanho nos canais de água, para que concebessem diante das varas.

42 Porém, quando o rebanho era fraco, não as punha; assim, as fracas eram de Labão, e as fortes, de Jacó.

43 E o homem se tornou mais e mais rico; teve muitos rebanhos, e servas, e servos, e camelos, e jumentos.

 Uma grande transferência de riquezas se manifestou na vida de Jacó, tudo aquilo que era de muito valor na vida de Labão foi transferido para Jacó.

 Transferência de riquezas é um dos métodos onde a graça de Deus se manifesta em nossas vidas trazendo ampla suficiência. II Coríntios 9: 2Co 9:8 Deus pode fazer-vos abundar em toda graça, a fim de que, tendo sempre, em tudo, ampla suficiência, superabundeis em toda boa obra,

O homem de bem deixa herança aos filhos de seus filhos, mas a riqueza do pecador é depositada para o justo.

Provérbios 13:22

É isso mesmo que você está lendo, a riqueza do pecador é depositada para o justo. Nós somos justos por causa da obediência de Jesus. Romanos 5:19. Não depende de nosso esforço, ou capacidade, depende exclusivamente de uma intervenção sobrenatural de Deus em nossa história. Assim como Ele interviu na vida dos patriarcas, e na nação de Israel, muito mais agora em Cristo Jesus, Ele irá intervir em nossa vida.

A saída do povo de Israel do Egito é uma sombra da Igreja saindo das trevas e do domínio de satanás e indo para a terra prometida, saindo da escravidão e entrando na liberdade em Cristo Jesus.

Olha como foi a saída de Israel do Egito, veja a imensa provisão da graça a ponto de toda riqueza do Egito ser entregue, de graça, para os escolhidos do Senhor.

ÊXODO 12-35-36

35 Fizeram, pois, os filhos de Israel conforme a palavra de Moisés e pediram aos egípcios objetos de prata, e objetos de ouro, e roupas.

36 E o SENHOR fez que seu povo encontrasse favor da parte dos egípcios, de maneira que estes lhes davam o que pediam. E despojaram os egípcios.

Naqueles dias os egípcios eram a maior nação da terra, consequentemente a nação mais rica do mundo, Deus com a Sua imensa graça transferiu tudo para o Seu povo.

Fale com a boca e creia no coração: Deus com a provisão da Sua imensa graça está transferindo uma riqueza inigualável para mim, com o propósito de manifestar a Sua aliança que tenho com Ele em Cristo Jesus!

Por Luciano Martins.

  • -

A importância de orar a Palavra

Category : Sem categoria

1 JOÃO 5.14-15

14 E esta é a confiança que temos para com ele: que, se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve.

15 E, se sabemos que ele nos ouve quanto ao que lhe pedimos, estamos certos de que obtemos os pedidos que lhe temos feito.

Deus só ouve orações em linha com a Sua Palavra, por isso nós devemos nos dedicar em conhecer as escrituras para orarmos de acordo com aquilo que ela nos propõe.

COLOQUE NA PRIMEIRA PESSOA OS VERSÍCULOS A SEGUIR E TAMBÉM VOCÊS PODEM COLOCAR O NOME DAS AUTORIDADES DE FAMILIARES ASSIM POR DIANTE.

POR EXEMPLO:

EFÉSIOS 1:16-23

16 não cesso de dar graças por MINHA ESPOSA, fazendo menção DELA em minhas orações,

17 para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, conceda a MINHA ESPOSA espírito de sabedoria e de revelação no pleno conhecimento dele,

18 iluminados os olhos do coração da MINHA ESPOSA, para que ela saiba qual é a esperança do seu chamamento, qual a riqueza da glória da sua herança nos santos

19 e qual a suprema grandeza do seu poder para com ELA QUE CRÊ, segundo a eficácia da força do seu poder;

20 o qual exerceu ele em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos e fazendo-o sentar à sua direita nos lugares celestiais,

21 acima de todo principado, e potestade, e poder, e domínio, e de todo nome que se possa referir, não só no presente século, mas também no vindouro.

22 E pôs todas as coisas debaixo dos pés, e para ser o cabeça sobre todas as coisas, o deu à igreja, (MINHA ESPOSA)

23 a qual é o seu corpo, a plenitude daquele que a tudo enche em todas as coisas.

ASSIM COMO EU COLOQUEI A PESSOA DA MINHA ESPOSA COMO EXEMPLO VOCÊ TAMBÉM PODE COLOCAR QUALQUER PESSOA OU QUALQUER CARGO DE AUTORIDADE NESTA ORAÇÃO.

EFÉSIOS 3:14-21 

14 Por esta causa, me ponho de joelhos diante do Pai,

15 de quem toma o nome toda família, tanto no céu como sobre a terra,

16 para que, segundo a riqueza da sua glória, conceda que O MINISTRO X seja fortalecido com poder, mediante o seu Espírito no homem interior;

17 e, assim, habite Cristo no coração DELE, pela fé, estando ELE arraigado e alicerçado em amor,

18 a fim de poder compreender, com todos os santos, qual é a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade

19 e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que seja tomado de toda a plenitude de Deus.

20 Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós,

21 a ele seja a glória, na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém!

FILIPENSES 1:9-11

9 E também faço esta oração: que o amor DA IGREJA LOCAL (MINHA CÉLULA, MINHA ESPOSA, MINHA FAMÍLIA, DO IRMÃO, DO MINISTRO) aumente mais e mais em pleno conhecimento e toda a percepção,

10 para aprovardes as coisas excelentes e serdes sinceros e inculpáveis para o Dia de Cristo,

11 cheios do fruto de justiça, o qual é mediante Jesus Cristo, para a glória e louvor de Deus.

COLOSSENSES 2:1

1 Gostaria, pois, que soubésseis quão grande LUTA (esforço em oração) venho mantendo por vós (DISCÍPULOS), pelos laodicenses e por quantos não me viram face a face;

2 para que o coração deles (DOS MEUS DISCIPULOS) seja confortado e vinculado juntamente em amor, e eles (MEUS DISCÍPULOS) tenham toda a riqueza da forte convicção do entendimento, para compreenderem plenamente o mistério de Deus, Cristo,

3 em quem todos os tesouros da sabedoria e do conhecimento estão ocultos.

COLOSSENSES 1:9-11

9 Por esta razão, também nós, desde o dia em que o ouvimos, não cessamos de orar por vós e de pedir que transbordeis de pleno conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e entendimento espiritual;

10 a fim de viverdes de modo digno do Senhor, para o seu inteiro agrado, frutificando em toda boa obra e crescendo no pleno conhecimento de Deus;

11 sendo fortalecidos com todo o poder, segundo a força da sua glória, em toda a perseverança e longanimidade; com alegria,

12 dando graças ao Pai, que vos fez idôneos à parte que vos cabe da herança dos santos na luz.

I TESSALONICENSES 1:2-5

2 Damos, sempre, graças a Deus por todos vós, mencionando-vos em nossas orações e, sem cessar,

3 recordando-nos, diante do nosso Deus e Pai, da operosidade da vossa fé, da abnegação do vosso amor e da firmeza da vossa esperança em nosso Senhor Jesus Cristo,

4 reconhecendo, irmãos, amados de Deus, a vossa eleição,

5 porque o nosso evangelho não chegou até vós tão-somente em palavra, mas, sobretudo, em poder, no Espírito Santo e em plena convicção, assim como sabeis ter sido o nosso procedimento entre vós e por amor de vós.

II TESSALONICENSES 1:3-10

3 Irmãos, cumpre-nos dar sempre graças a Deus no tocante a vós outros, como é justo, pois a vossa fé cresce sobremaneira, e o vosso mútuo amor de uns para com os outros vai aumentando,

4 a tal ponto que nós mesmos nos gloriamos de vós nas igrejas de Deus, à vista da vossa constância e fé, em todas as vossas perseguições e nas tribulações que suportais,

5 sinais evidente do reto juízo de Deus, para que sejais considerados dignos do reino de Deus, pelo qual, com efeito, estais sofrendo;

6 se, de fato, é justo para com Deus que ele dê em paga tribulação aos que vos atribulam

7 e a vós outros, que sois atribulados, alívio juntamente conosco, quando do céu se manifestar o Senhor Jesus com os anjos do seu poder,

8 em chama de fogo, tomando vingança contra os que não conhecem a Deus e contra os que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus.

9 Estes sofrerão penalidade de eterna destruição, banidos da face do Senhor e da glória do seu poder,

10 quando vier para ser glorificado nos seus santos e ser admirado em todos os que creram, naquele dia (porquanto foi crido entre vós o nosso testemunho).

11 Por isso, também não cessamos de orar por vós (PELO PRESIDENTE, AUTORIDADES, MINISTROS DA PALAVRA, DISCÍPULO, IRMÃOS), para que o nosso Deus vos torne dignos da sua vocação e cumpra com poder todo propósito de bondade e obra de fé,

12 a fim de que o nome de nosso Senhor Jesus seja glorificado em vós, e vós, nele, segundo a graça do nosso Deus e do Senhor Jesus Cristo.

I TIMÓTEO 2:1-3

1 Antes de tudo, pois, exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos os homens,

2 em favor dos reis e de todos os que se acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranquila e mansa, com toda piedade e respeito.

3 Isto é bom e aceitável diante de Deus, nosso Salvador,

EFÉSIOS 6:18 – 20 

18 com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos

19 e também por mim; para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra, para, com intrepidez, fazer conhecido o mistério do evangelho,

20 pelo qual sou embaixador em cadeias, para que, em Cristo, eu seja ousado para falar, como me cumpre fazê-lo.

COLOSSENSES 4:12  

12 Saúda-vos Epafras, que é dentre vós, servo de Cristo Jesus, o qual se esforça sobremaneira, continuamente, por vós nas orações, para que vos conserveis perfeitos e plenamente convictos em toda a vontade de Deus.

COLOSSENSES 4:2-4 

2 Perseverai na oração, vigiando com ações de graças.

3 Suplicai, ao mesmo tempo, também por nós, para que Deus nos abra porta à palavra, a fim de falarmos do mistério de Cristo, pelo qual também estou algemado;

4 para que eu o manifeste, como devo fazer.

Em 3 João 2 podemos orar pela prosperidade de nossos discípulos, a palavra faço fotos, significa literalmente eu oro no grego. E na tradução em inglês ele está dizendo “esta é minha oração”, no novo testamento da linguagem de hoje: “tenho pedido a Deus”, na tradução brasileira diz: “peço a Deus”.

SANTIFICAR AS COISAS QUE COMEMOS PELA ORAÇÃO: Esta santificação vem mediante a oração de agradecimento pelo alimento (1 Timóteo 4:1-5)

Todos nós precisamos aprender a orar com as mãos levantadas na nova aliança, e também aprendermos a orar de joelhos (1 Timóteo 2:8; Atos 9:40, 21:5; Efésios 3:14).

Por Luciano Martins

Arquivos